domingo, 26 de setembro de 2010

CORRE TEMPO, CORRE TEMPO, CORRE, CORRE...


O meu primeiro exame

No tempo da minha infância, era costume, as meninas estrearem um vestido novo, no dia em que iriam fazer o seu exame de quarta classe (actual 6º ano do ensino básico) O meu era muito bonitinho, de cassa , azul claro, estampada com tulipas brancas, decote quadrado arrematado com uma barra branca, igual motivo nas manguinhas. Recordo essa etapa da minha vida que principiava, com intenso realismo.
O exame, realizar-se-ia numa Escola na Rua da Carreira e vivo ainda o nervosismo que senti, para prestar essa prova. Feita a chamada, ao subir devagarinho a escada que me conduziria, no meu lindo vestido azul não era azul o meu estado de alma. Jamais esquecerei esse momento, julguei que morreria, mas não morri.

1 comentário:

Emília disse...

Ihh, Amiga, nem me fale desses exames da primária! Que nervoso miudinho! Minha Mãe fazia-me comer um bife e beber um copo de leite, mesmo que fossem oito da matina. A 'toilette' era a rigor: não era permitidas mangas 'à cava' nem podiam faltar os 'soquettes'às meninas...